Laura

Bem-vinda Laura!!

Um vale em flor,
Fonte de…
inspiração, amadurecimento, evolução!
Mudanças_

O rio cantando?
Pássaros voando
O sol banhando a estrada? da vida
Sentimento de Amor
Laura, ?um sorriso de criança? Laura

Ô Laura,? como é linda a vida! ?Ô Laura, ?
como é grande o amor
Laura, ?que é da rosa dos cabelos ?Laura,
?que é do vale sempre em flor?
Ô Laura,?
Que é do teu sorriso
?Ô Laura…

Temos que VIVER, SER, isso que importa…
Viver o hoje,
Cada momento único que não volta,
Fazer nosso tempo_
Estar sempre com quem amamos.

Minha vontade é pular dentro dessas fotos,
dar vida a ela e re-viver tudo!!
O tempo urge e num piscar tudo se transforma…

Um click pode mudar tudo!

GráVIDA de Laura

Ninho…

Amor!!

“Amar(mentação)”

Gerações…

Ô Laura, como és linda flor…

Toda vez que eu te abraço e te beijo
Sem nada dizer
Você diz tudo que eu preciso
Escutar de você….

E foram felizes para sempre…fim!

Retrato revelado…

Basta um pequeno gesto, feito de leve, para que me leve, me arrebate para sempre…

Mãozinha, narizinho, cachinhos de ouro…
esse dedinho da criança e mãe me remete a “A criação do mundo”, obra de Michelangelo… GráVIDA, a criação de outro ser humano, ver a vida nascer no ventre materno. Me encanta os mistérios e milagres da vida…

Basta um pequeno gesto, feito de leve, para que me leve, me arrebate para sempre…

Elo

"Me encanto...

No retrato revelado encontro mãe e filha, e me emociono…
Meu desejo um dia retratá-las novamente, rever tal olhar e qual enredo encontrou.

" A menina dança. A menina brinca. Brinca de ser criança! "

A menina dança. A menina brinca. Brinca de ser criança!
Nesse momento delas eu observo e me encanto, me encanto
com a simplicidade da criança em ser feliz. Feliz dos pezinhos aos dedinhos…

As fotografias abrem as portas dos sonhos esquecidos, melhor ainda se o protagonista da cena é quem você ama!

"Cupcakes"!!


O encontro de três gerações, de quatro mulheres, meninas…emoções tatuadas pra sempre no coração, na alma.

Entrelaçamento...

Registrar é eternizar aquilo que só o coração consegue ver…

...

Amo o que faço, fotografar! Tudo me inspira, me toca, me emociona, me ensoberbece.

Um click pode mudar tudo!

"Ensoberbecida" por essa anja!!

De tempos em tempos…

Preciso me retirar
Me transformar
Entrar no casulo da lagarta
e me transformar em borboleta…
Voar, voar, voar…

Preciso escrever poesia e
non sense
viajar
inspirar, expirar, inspirar…

Preciso ligar para amigos sumidos
Reler livros importantes
Suspirar, sonhar, suspirar…

Olho fotos de infância
Tomo sorvete com meu filho,
sem nenhum motivo especial
num dia qualquer a tarde
vivendo o cotidiano
com olhos de um presente.

Quero namorar e beijar
Deitar e rolar
Sorrir e cantar
Fotografar, fotoGRAFAR, fotografar…

Sair sem rumo e sem prumo
Sem lenço e sem documento
No caminho do inusitado
Do insólito

E depois desse mergulho interno
Pegar ar na superfície
No cotidiano do dia-a-dia
quero ser surpreendida
com novos caminhos

Lembrar que a vida tem os desafios e alegrias…
para darmos o exato valor. É necessário, assim precisa ser.
Assim, re-aprender a ter fé, a acreditar que colhemos
os frutos que plantamos, que almejamos.

Eu quero projetar um voo de borboleta,
metarfosear. Metaforseante. Sentir as dores da lagarta para virar borboleta e voar.

Quero acabar com a futilidade, metarmefoseando-me
espiritualmente.

Almejo saúde e paz!