“Pauline”

“A vida não dá e nem empresta,
não se comove e nem se apieda.
Tudo quanto ela faz é retribuir
e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.”
Albert Einstein

Árvore genealógica

Pauline 101 anos
mãe de
Françoise – Bertrande
avó de
Cassio , Gabriela – Cesare.
bisavó de
Rafael, Gustavo, Luca, Lorenzo, Arturo,
Thiago e Fernando, os gêmeos de
1 aninho de vida…
entraram na ciranda da vida
Luciana, Edu e Maria Emília
completando o elo!

Quando me deparo com uma cena desta, em que uma criança engatinha, esqueço no caos geral e tenho esperança novamente, uma semente crescendo e florescendo.

As fotografias são matéria prima para recordar o que vivemos, re-significar, olhar anos depois e reVER com os olhos da passagem do tempo, da experiência vivida e absorvida.

Chance divina, em poder voltar lá nem que seja pela viagem do tempo e pela magia de um click que eternizou a essência do tempo.

Por segundos é possível, através de uma foto, experimentar o que tão delicioso foi uma vida.

As fotografias definitivamente narram fatos. Ilustram acontecimentos.Devolvem a oportunidade de observar novamente um tempo que permanece no coração.

FotoGRAFAR é desenhar na memória, e coloRIR o que não queremos esquecer nem jamais deixar de lembrar.

Almejo uma fotografia assim, com marido, filhos, noras e neto(a)s, pois acredito que fotografias vão muito além de um simples registro. São obras de arte, retorno ao passado, vislumbre do futuro, força para o presente, são uma forma de expressão.

Diante de minha grande angular, há um mundo para ser revelado, em cada click, proponho um novo ângulo. Vem, quero te fotografar!

Luana

Linda, diva-loura, mãe de dois filhos queridos, esposa dedicada e grande Mulher!

Além disto, ensina as pessoas a terem uma melhor qualidade de vida, atuando na área de pilates, treinamento funcional e esportivo. Vou confessar agora… barriga mais escândalo que meus olhos já viram, parece uma deusa “fugida” do Olimpo e vivendo em plena São Paulo…

Luana, continue reinando resplandecente, com esta contagiante alegria de viver, em seus infinitos tons de rosa!